Sobre o que estávamos falando mesmo? [04.07.13]

relogio-mecanicoO relógio antigo marcou meio-dia. Suas badaladas foram ouvidas através da sala de experimentos científicos. Fato insignificante que, por algum motivo obscuro, chamou sua atenção.

– Dizem que os buracos negros são portais para outras dimensões e podem até bagunçar o contínuo espaço e tempo.
– Uma máquina do tempo? Pena que ninguém consegue provar essa teoria.
– E quem disse que não podemos provar? Talvez já tenhamos provado e nem sabemos.
– Seria possível?
– Claro. Se alterássemos o passado, seria criada uma nova linha temporal. Essa nossa conversa futura poderia não acontecer e não lembraríamos absolutamente nada. A história sempre dá um jeito de se corrigir. O que me leva a crer que já a provamos, de alguma forma.

O relógio antigo marcou meio-dia. Suas badaladas foram ouvidas através da sala de experimentos científicos. Fato insignificante que, por algum motivo obscuro, chamou sua atenção.

– Sobre o que estávamos falando mesmo?
– Dizem que os buracos negros são portais para outras dimensões e podem até bagunçar o contínuo espaço e tempo…

Anúncios

Um comentário sobre “Sobre o que estávamos falando mesmo? [04.07.13]

Agradeço o comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s