Relatos de Cassiopeia [17.12.14]

cassiopeia-starsCatalogadores – nome complexo, mas adequado. Termo que encerrava o registro anual da expedição terrestre, o relato mais estranho sobre contatos imediatos conhecidos pelo homem…

Os guardiões do espaço exterior assemelhavam-se às máquinas fantásticas descritas nos livros terrenos, uma civilização altamente desenvolvida. Atravessar aquele quadrante exigia resposta a duas perguntas específicas. Responder “Raça Humana” foi fácil. Difícil era responder a segunda questão.

— Qual é o sentido da vida?

Não entenderam a primeira vez. Aquilo parecia uma alfândega, onde os anfitriões aguardavam pacientemente uma resposta errada para aniquilar os invasores.

Quantos já haviam perecido por desconhecê-la? O comandante reuniu-se com a equipe, a fim de colocar em prática algo que somente a humanidade conhecia, e muito bem: a dissimulação, popularmente conhecida como “malandragem”. Uma hora depois, responderam.

— São cinco: visão, audição, tato, olfato e paladar.
— Não foi isso o que eu quis dizer.
— Você queria um sentido. Dei-lhe cinco. Escolha!
— Sua raça não entendeu o conceito da questão.
— Está respondido! Podemos ir?
— Espere! – chamou seu subordinado – Ei, Mandik 82! Quem foi o imbecil que gerou essas perguntas? Agora vou ter que deixá-los passar!

Espertos – adjetivo complexo, mas adequado. Termo que encerrava o registro anual da alfândega alienígena, o relato mais estranho sobre contatos imediatos conhecidos por aquela raça…

Anúncios

Agradeço o comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s