FCPV 6 – O Predestinado

o-predestinado2Continuando a onda de filmes desconhecidos, trago agora a sugestão de um filme cult, de baixo orçamento, mas extremamente fantástico e intrigante (curioso como filmes de baixo orçamento costumam trazer as melhores histórias – talvez a restrição de verba acabe catapultando a criatividade).

Estou falando de “O Predestinado”. Este filme possui dois cartazes, mas acho que o design minimalista tem muito mais a ver do que o espalhafatoso design azul.

– Ficha Técnica –
Nome: O Predestinado
Gênero: Sci-Fi (Viagem no Tempo), Suspense, Noir
Duração: 1h30min

Este foi o único trailer que encontrei sem spoilers. Não recomendo assistir os outros trailers ou ler os comentários do youtube antes de assistí-lo.

Primeiro devo dizer que não sabia que esse filme se baseava num conto de Robert Heinlein (“All you zombies”). Fui descobrir somente ao fim – os créditos mencionam o fato – e na discreta homenagem feita durante o filme, numas das cenas-chave onde um dos protagonistas possui o livro “Stranger in a Strange Land” ao lado de uma máquina de escrever, numa cena em que o título casa perfeitamente. É um take longo, fácil de identificar.

robert2

Complicado falar desse filme sem estragar surpresas, mas vou tentar resumir… O filme segue uma linha retrofuturista excelente. A primeira informação que obtemos é que a viagem no tempo foi inventada nos anos 80. Todo o clima da película lembra os antigos filmes noir.

Dito isso, temos a primeira cena que nos situa neste universo (fique atento! É extremamente importante para o final). Logo em seguida, somos apresentados à uma história da segunda protagonista, que à primeira vista parece desconexa, mas é bastante singela, emotiva e sentimental (sim, dá pra chorar em algumas partes). Logo depois o filme engrena de vez, voltando ao objetivo inicial e dando maior importância à história que acabamos de ouvir. Por isso, não ache que o drama do 2º ato é desnecessário.

Um conselho: fique atento a tudo! Sério. Tive que pausar o filme algumas vezes para cair a ficha em algumas cenas. Só posso dizer mais uma coisa: apesar de no final haver um plot-twist meio esperado, há um segundo plot-twist de dar nó no cérebro, de explodir a cabeça, os neurônios e tudo mais.

O enredo brinca com o paradoxo de predestinação.

Nota: 5/5

É um belo exemplar de sci-fi noir, sensível, dramático, tocante, pois a história da protagonista cativa. Aliás, dos três. Vá assistir!

Nota adicional: dê preferência ao dublado ou será mais complicado entendê-lo.

Anúncios

Agradeço o comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s